13 de novembro de 2015

Precisamos falar sobre o Slow Fashion!

Olá amores, voltei e dessa vez pra fazer o "primeiro post oficial" depois da volta do blog. Vim falar sobre um movimento que já existe há alguns anos (se não me engano, desde 2007) e que vem tomando forças, um movimento voltado para o fim do fast fashion. Já vou logo avisando que talvez esse post fique um pouco longo, mas acho que vale a pena você ler ele todinho. Bom, porque devemos acabar com o fast fashion pra começo de conversa? Bom, além de o fast fashion ocasionar um consumo desenfreado e nada consciente, ele também é gerado através da mão de obra escrava e produtos tóxicos que são jogados no meio ambiente diariamente sem peso na consciência, sem pensar nas consequências ambientais. Ta, tudo bem que atualmente estão surgindo vários produtos que visam o meio ambiente e diminuição da quantidade de água que é desperdiçada para a confecção desses produtos, mas ainda assim, há muito o que melhorar. Mas e a mão de obra escrava? Onde fica? Ninguém pensa nisso? Não estou falando apenas dos pobre coitados dos chineses, é só procurar pela Zara no google que você vai ler sobre isso, e amiga, isso acontece no Brasil também. O fast fashion, fez a moda perder o seu valor, a mão de obra perdeu o valor, nós não pensamos na qualidade da roupa, queremos apenas compra-la. Eu não vou colocar o video nesse post, pois não quero que ele fique maior do que já está, mas da uma clicadinha aqui para assistir o video de como a Dior produziu as suas roupas e pensar um pouquinho no que eu estou falando. Não to falando de pagar uma fortuna por uma roupa, estou falando de valorização de trabalho, valorizar essa arte que é confeccionar uma roupa! O movimento slow fashion, simplesmente nos alerta de que precisamos tomar decisões de compra de maneira mais consciente. Pensando nisso tudo, surgiu o Fashion Revolution que faz alguns experimentos na tentativa de conscientizar as pessoas. Mais uma vez, não irei colocar o video nesse post para não estendê-lo ainda mais, mas esse video mostra um experimento feito pela Fashion Revolution, onde colocaram uma vending machine oferecendo camisetas por apenas 2 Euros e no ato da compra, as pessoas conhecem um pouquinho da história de cada pessoa que confeccionou aquelas camisas e escolhem se ainda querem comprar a camisa ou doar os 2 Euros. Enfim, mais alguns projetos foram criados tentando conscientizar a todos, tentando por um fim no fast fashion, e aqui estou eu, tentando fazer minha pequena parte e esperando que eu consiga atingir algumas poucas pessoas com esse post. Espero mesmo que vocês espalhem essa ideia, ajudem ela a se popularizar, isso precisa ser aderido, já demorou demais para o slow fashion se globalizar! Obrigada à quem leu até aqui e eu adoraria ler a opinião de vocês nos comentários e em seus blogs também!

6 comentários:

  1. Olá amore tudo bem? Nossa que post legal e super consciente, eu mesma nunca tinha ouvido em falar nisto e confesso que achei muito legal *o* Irei conferir os vídeos certinho assim poderei ter uma noção melhor sobre o assunto ^^

    Beijos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muita gente nunca ouviu falar do slow fashion, infelizmente :( Mas dê uma olhadinha nos videos sim, são bem interessantes <3

      Excluir
  2. Oi, oi! Como vai? ♥
    Adorei esse movimento, que conscientiza as pessoas. Pois confeccionar uma roupa é realmente trabalhoso, e às vezes as pessoas optam pela fast fashion pois é um jeito de estar sempre dentro da moda, sem nem pensar o que rola por trás daquilo.

    As pessoas consumem roupas como camisinhas, como se pudessem usar e depois jogá-las foram em um curto período, por isso acho que acaba desvalorizando a quem confeccionou e a própria moda em si é desvalorizada.

    O conceito de vender uma roupa por 2 euros para quem tiver o interesse de conhecer um pouco da história e depois perguntar se a pessoa ainda quer comprá-la é bem interessante também.

    Adorei o post. (─‿‿─)
    sweeten your life, dear -  c. cotton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigada pela sua visita! <3
      Então, infelizmente poucas pessoas conhecem esse movimento e também desconhecem o trabalho que dá fazer uma roupa, o que é bem triste. Temos que dar mais valor as roupas e não fazer como voce disse, usa-las como se fossem camisinhas. Mas fico feliz que tenha gostado do post e volte sempre <3

      Excluir
  3. É verdade, hoje em dia não vejo aquelas comentários "deve ter dado trabalho" ou "é bem costurado/confeccionado". Realmente é algo a se pensar e a compartilhar!
    Esse vídeo <3 fiquei encantada com ele! Cada detalhe, cada costura <3
    Sentimentos Apurados ☮

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é mesmo? As vezes a gente olha pra essas roupas e nem imagina o trabalho que da pra fazer cada peça. É tão lindo ver o trabalho deles, é tanto capricho com cada peça!

      Excluir